Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Largo do Beco

O mundo num beco. A cultura num blogue.

Largo do Beco

O mundo num beco. A cultura num blogue.

17.04.18

TVCine 2 apresenta Especial Documentários: Mudar o Mundo de 24 de abril a 26 de junho


helena margarida

Divulgação

Histórias de coragem, de sobrevivência, de apelo à mobilização, de combate à letargia e à resignação servem de argumento aos dez documentários sobre dez realidades do nosso mundo, oito ambientes que espelham a diversidade do planeta.

O Especial Documentários: Mudar o Mundo, passa no TVCine 2, de 24 de abril a 26 de junho, sempre às terças-feiras, às 22h00.

Divulgação

“Eu Sou Prova” (2017), de Trish Adlesic e Geeta Gandbhir, com o selo de qualidade da HBO é o primeiro documentário a ser exibido. Trata-se de uma investigação que revelou a existência, nos Estados Unidos, de dezenas de milhares de kits de recolha de vestígios biológicos para deteção de casos de violação que não foram verificados.

Divulgação

Segue-se “Sea Sorrow” (2017), de Vanessa Redgrave, com a participação de Emma Thompson e Ralph Fiennes. A estreia da atriz e ativista na realização aborda o tema dos refugiados que todos os anos atravessa o Mediterrâneo em busca de uma vida melhor na Europa. Vanessa Redgrave ficou chocada, tal como o mundo inteiro, quando viu as imagens de Aylan Kurdi, o menino sírio de três ano caído sem vida numa praia na Turquia, depois de o barco onde seguia se ter afundado no Mediterrâneo. À mente da atriz vieram instantaneamente as memórias de quando os seus pais tiveram que fugir com a família da Londres atacada pelos nazis na II Guerra Mundial.

Divulgação

“Caminha Comigo – Uma Viagem pela Atenção Plena com Thich Nhat Hanh” (2017), de Marc J. Francis, Max Pugh é outro dos documentários a ser exibido. O realizador conseguiu o acesso exclusivo a uma comunidade de monges budistas, guiados pelo mestre internacional e ativista pela paz Thich Nhat Hanh. Com a narração de Benedict Cumberbatch, Caminha Comigo – Uma Atenção Plena com Thich Nhat Hanh trata-se de uma viagem ao interior de cada um para que o ser se possa libertar dos grilhões da existência material.

Divulgação

Kristi Zea assina “Relatos da Vida Real” (2017). A história de Anna Deavere Smith, nomeada ao prémio Pulitzer, aborda a questão da juventude e da idade em que os jovens querem ter voz e uma voz que se ouça alto. Inconformada, desejosa de mudança, implacável com a injustiça.

Divulgação

“Bullying” (2011), de Lee Hirsch é um documentário que segue a vida de cinco adolescentes americanos vítimas de bullying diário na escola. Tyler Long foi insultado, maltratado e vítima de partidas de mau gosto até que se suicidou aos 17 anos. Alex Libby, com Síndroma de Asperger, tem 12 anos. A escola sabe, mas nada faz sobre o assunto. Kelby Johnson, já adolescente, assumiu-se como lésbica. Quase todos deixaram de lhe falar e passaram a ignorá-la. Ja’Meya Jackson tem 14 anos, é excelente aluna e faz parte da equipa de basquetebol. Cansada de ser insultada, um dia levou a arma da mãe para a escola. O bullying parou, mas a menina foi detida pela polícia. Esta é a história de cinco jovens americanos, num país com casos de bullying que ascendem a mais de dez milhões por ano.

Divulgação

Maio termina com “Mea Maxima Culpa: Silêncio na Casa do Senhor” (2012), de Alex Gibney. Quatro homens adultos, surdos, Terry Kohut, Gary Smith, Pat kuehn e Arthur Budzinskin, relatam-nos como foram abusados sexualmente na Escola Católica de St. Jonh para os surdos, no Wisconsin, na década de 1960. Crimes que continuaram ao longo de décadas. A investigação que revelou o escândalo chegou aos corredores do Vaticano, naturalmente aos ouvidos do Papa Bento XVI, mas nada foi feito.

Divulgação

Junho começa com “Deus fartou-se de Nós” (2006), de Christopher Dillon Quinn e Tommy Walker, narrado por Nicole Kidman. Esta é a história de John Bul Dau, Daniel Pach e Panther Bior, três homens sudaneses, e da fuga que tiveram que empreender durante anos, primeiro fugindo do Sudão rumo à Etiópia, depois da Etiópia até ao Quénia, finalmente com destino aos Estados Unidos. A pé, escaparam à guerra, à fome, à doença e à morte, numa demonstração de coragem, esperança, determinação e, por fim, vitória.

Divulgação

O Especial Documentários continua a 12 de junho com “A Caminho da Escola” (2013), de Pascal Plisson, que nos conta a odisseia diária de quatro crianças e da peripécia que é chegarem à escola. Em comum, o queniano Jackson, o argentino Carlito, a marroquina Zahira e o indiano Samuel têm a vontade de conhecer e saber mais.

Divugação

“Tsunami – Uma História de Voluntariado” (20017), de Alison Thompson, conta-nos a história de quatro voluntários no Sri Lanka, depois do tsunami de 2004, e de como aquele ano marcou para sempre as suas vidas.

Divulgação

O Especial Documentários: Mudar o Mundo termina a 26 de junho, com “Treblinka” (2016), de Sérgio Tréfaut. O filme é um relato poderoso de sobreviventes do Holocausto, rodado na sua totalidade a bordo de um comboio que atravessa o Leste da Europa no inverno, revisitando vários campos de concentração nazis.

 

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
publicidade
wook é uma oferta?