Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Largo do Beco

O mundo num beco. A rádio num coreto. A cultura num blogue.

Largo do Beco

O mundo num beco. A rádio num coreto. A cultura num blogue.

17
Fev18

Hands On Approach atuam na Marinha Grande no dia da mulher


Cláudia Paulo

Direitos Reservados

 

Após o concerto de Paulo Gonzo no dias dos namorados e do teatro infantil, a decorrer hoje, a Casa da Cultura Teatro Stephens apresenta mais 2 espetáculos. O próximo concerto é no dia da mulher, com os Hands On Approach a tocar o novo trabalho “Hearts”.

“Hearts” foi lançado no final de 2017 e contém 10 temas originais, que incluem os singles “Be True”, tema que serviu de mote para uma campanha de consciencialização à causa animal e contou com a participação de várias caras conhecidas no videoclip, Nuno Markl, Débora Monteiro, Ângelo Rodrigues, são apenas alguns dos presentes.

“All That Was Taken” e “Give me Something” dão seguimento aos singles escolhidos do álbum que assinala o regresso de uma das maiores bandas de pop-rock portuguesas, que assinala 20 anos de carreira. O concerto, que irá decorrer dia 10 março, terá inicio pelas 21h30 com um valor de entrada de 12 euros e 50.

Os eventos terminam dia 18 de março com 2 sessões de “Os iberzitos vão à música”, espetáculo infantil para a família. O Grupo Iberomoldes promove, pelo segundo ano consecutivo, a música clássica e o encontro de gerações, trazendo ao público marinhense a 2ª Edição do projeto "Os Iberzitos Vão à Música” com a participação do Orfeão de Leiria e o apoio da Câmara Municipal. A entrada é gratuita (sujeita a levantamento de bilhete e lotação da sala).

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
17
Fev18

Imagens da Madeira, vistas pelos olhos de um alemão, estão em exibição no Solar do Ribeirinho


Cláudia Paulo

Direitos Reservados

 

A Câmara Municipal de Machico, através do Solar do Ribeirinho – Núcleo Museológico de Machico, tem em exibição a Exposição “Contrastes”, que termina a 2 de março.

Trata-se de uma exposição fotográfica da autoria de Karl-Heinz Koch, engenherio reformado, que após descobrir o gosto pela fotografia se apaixonou pelas paisagens madeirenses. As paisagens e os animais são os focos da sua fotografia.

O ex-engenheiro de materiais, que se reformou em janeiro de 2017, é visitante da Madeira há mais de 10 anos, particularmente no período de Inverno.

Esta mostra é o resultado do encanto que sente pela ilha, que começou a fotografar há 7 anos, particularmente na área envolvente do Porto da Cruz e Santana.

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
17
Fev18

Artistas nacionais apresentam propostas artísticas para Vila Nova da Barquinha


Cláudia Paulo

Direitos Reservados

 

É já hoje, pelas 19h, que Alexandre Farto (aka Vhils), Manuel João Vieira, Violant e Carlos Vicente apresentam as suas propostas artísticas para o concelho de Vila Nova da Barquinha, distrito de Santarém.

A apresentação, feita no âmbito do Programa Arte Pública da Fundação EDP, ocorre no Centro Cultural. As primeiras ideias dos artistas foram debatidas em contacto com a população, no ano passado, sendo que são agora expostas as propostas finais a implementar no terreno.

O projeto artístico ARTEJO pretende popularizar o acesso à arte e permitir o envolvimento da população em novas experiências culturais, bem como estimular o desenvolvimento local através da realização de intervenções artísticas em espaço público. A assembleia comunitária do projeto contará com a presença do curador do Programa Arte Pública da Fundação EDP, João Pinharanda.

No concelho de Vila Nova da Barquinha serão desenvolvidas 10 intervenções artísticas distribuídas pelas quatro freguesias – Atalaia, Praia do Ribatejo, Tancos e Vila Nova da barquinha. Já no resto do país, artistas nacionais são convidados a colaborar com as populações locais, motivando-as a participar em assembleias comunitárias para discussão das propostas de intervenção artística a realizar em espaço público (fachadas de edifícios, muros, posto de transformação da EDP Distribuição, etc.).

O programa está presente nas regiões do Algarve (projeto WATT?), Alto Alentejo (projeto Mayor.Art), Ribatejo (projeto UniArt), Médio Tejo (projeto ARTEJO) e Trás-os- Montes (projeto Voltagem). Em cada uma destas regiões, o trabalho dos artistas e comunidades cria um roteiro de arte pública, que no caso de Vila Nova da Barquinha integrará as 11 esculturas do Parque de Escultura Contemporânea Almourol, desenvolvido também em parceria com a Fundação EDP e com curadoria de João Pinharanda.

 

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
09
Fev18

“Ilha dos Imortais” e “Global Make-up Program” no Museu da Vila Velha


helena margarida

Divulgação

O Museu da Vila Velha, em Vila Real, recebe a partir de amanhã as exposições “Ilha dos Imortais” e “Global Make-up Program”, de Tereza Trigalhos e Zoran respetivamente. A inauguração está agendada para as 15h00 e contará com a presença de ambos os Artistas. A entrada é livre.

Edgardo Xavier, crítico de Artes Plásticas da A.I.C.A., refere-se à obra de Tereza Trigalhos como “uma pintura intemporal e vigorosa que, não seguindo modelos, a si própria se arquetipiza”. Para o mesmo autor “tudo na pintura de Tereza Trigalhos nos remete para as dicotomias e para o radicalismo dos excessos: a forma e a cor, a dinâmica do gesto e a composição antropocêntrica, mediunidade entre o real e o transcendente… O conteúdo destas propostas oscila entre Eros e Tanatos com a determinação de uma linguagem ímpar na Pintura Portuguesa Contemporânea! As suas telas, vórtices de cor e movimento, são arenas de uma luta que evolui ao compasso da sua explosiva interioridade e do seu incontestável talento”.

Já para Álvaro Lobato de Faria “Zoran, o encenador, instalado no seu labirinto social, dele não participa. Inquieto, inquisidor, reconhece a trama e põe em cena a vida corroída por um desespero surdo, um sentimento de angústia estranhada e irresistível transportando à sua caracterização a fragilidade física e moral de uma sociedade corroída por vícios e à deriva num denso simulacro que conduz a uma aparente paralisia dos seres, enclausurados no seu próprio grito. Verdades extraídas da angústia de saber-se no caos, na ruína no labirinto universal em que a humanidade mergulhou”.

“Ilha dos Imortais” e “Global Make-up Program” podem ser visitadas até ao dia 8 de abril.

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
publicidade

dia-dos-namorados-2018-mrec

O Largo é social



Queres ver os teus eventos, músicas ou ações divulgadas no Largo?
Envia um email para webmaster@largodobeco.pt.

Agenda do Beco

Este noite na TV...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D