Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Largo do Beco

O mundo num beco. A cultura num blogue.

Largo do Beco

O mundo num beco. A cultura num blogue.

25.01.18

Real Companhia Velha estreia seis “Séries”


helena margarida
A Real Companhia Velha entrou em 2018 com a apresentação de seis novidades sob a chancela "Séries". O elenco é composto por dois brancos, ambos de 2016 – Donzelinho Branco e Gouveio – e quatro tintos – Tinto Cão (2015), Malvasia Preta (2015), Cornifesto (2015) e Bastardo (2014). A história destes vinhos desenrola-se num universo de monocastas, todos DOC Douro.“Na linha ‘Séries’ procuramos fazer vinhos ‘excecionais’, quase sempre a partir de “velhas” castas da mais antiga região demarcada do Mundo. Vinhos que serão sempre ensaios onde procuramos explorar diferentes técnicas, castas ou abordagens que nos ensinem algo passível de vir a ser aplicado na nossa gama comercial”, explica Jorge Moreira, diretor de enologia da Real Companhia Velha.[caption id="attachment_83549" align="alignleft" width="320"] Real Companhia Velha[/caption]O “Donzelinho Branco 2016" é definido por um estilo muito invulgar e exótico, com um perfil aromático terpénico, de onde sobressaem nuances florais e sugestões de alecrim e mentol. É um vinho branco fresco, com uma boa mineralidade e acidez, características que vão bem com abacate, porco asiático ou tártaro de salmão.O “Gouveio 2016" é um vinho aromaticamente complexo, que apresenta delicadas notas florais e de fruta branca com sugestões minerais e nuances de baunilha bem integradas. Na boca mostra-se guloso, estruturado e muito mineral, terminando com uma excelente acidez, que mantém a prova viva e persistente resultante da fermentação decorrida em cubas de inox com controle de temperatura. Durante o estágio, 50% do vinho esteve em barricas novas de carvalho francês por um período de seis meses. Recomenda-se a harmonização deste branco com peixe grelhado, porco ou queijo da serra.“Tinto Cão 2015” decorreu em lagares de pedra com a tradicional pisa a pé, seguindo-se um estágio em barricas carvalho francês (15% em madeira nova) durante 18 meses, na sequência do qual nasceu um tinto de grande expressão e carácter, que revela uma enorme complexidade aromática e rusticidade através de aromas de frutos vermelhos e sugestões herbáceas. No nariz denota um perfil distinto e encantador. Na boca mostra-se rústico, com tanino presente, mas delicado, e com um perfil elegante. O final de prova é muito longo e persistente, ótimo para acompanhar pratos de caça, cabrito e queijos fortes.[caption id="attachment_83548" align="alignright" width="320"] Real Companhia Velha[/caption]O "Malvasia Preta 2015" surpreende, de imediato, pela sua cor aberta. No nariz salientam-se notas de fruta preta e cítrica, com nuances apimentadas, num perfil aromático muito intenso e fresco. É um tinto muito particular, com uma estrutura muito elegante, primado pela intensidade de boca e com um tanino fino. O final de prova é longo e muito persistente. A harmonização faz-se com bife de atum ou de cavala, carnes brancas e pastas italianas.O “Cornifesto 2015” apresenta nuances vegetais que combinam com finas notas de fruta madura e notas de especiarias, oferecendo complexidade e muita intensidade aromática. O perfil apresenta-se fresco, e elegante, revelando a essência da casta através de uma estrutura com intensidade e acidez e cujo potencial deixa prever a sua utilização para futuras vinificações. Quando servido, acompanhe-o com pratos de caça, cabrito assado e peixes gordos.O “Bastardo 2014” apresenta-se, logo, como um vinho muito fino, que impressiona à primeira vista pela sua cor granada, algo invulgar nos tintos da região. No nariz salientam-se os aromas frutados de groselha e frutos do bosque, revelando complexidade e carácter. A intensidade e a elegância elevam-se na prova, revelando-se verdadeiramente nobre e sedutor, com um tanino fino e imensa frescura. Termina com uma acidez viva, oferecendo uma enorme satisfação e boa aptidão gastronómica. Para o comprovar há que servi-lo a acompanhar guisados e carnes de caça."Séries" é linha experimental da Real Companhia Velha, da qual nascem vinhos que representam a paixão e a forte aposta da Companhia na investigação e inovação no universo vitivinícola, tendo sido, ao longo dos anos, pioneira na recuperação de castas autóctones, muitas delas desconhecidas e a grande parte já em extinção. Uma linha que resulta em pequenos projetos vínicos (poucas garrafas) que primam por refletir o conhecimento do terroir aliado às características únicas destas exóticas variedades.Cada uma das seis novidades “Séries” têm um PVP de 17€.
estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
publicidade
wook é uma oferta?