Vila Real promove Festival Internacional de Imagem de Natureza

Cinema e fotografia focados no tema da conservação da natureza e da biodiversidade preenchem até ao próximo dia 10 de dezembro a programação do Festival Internacional de Imagem de Natureza (FIIN) em Vila Real.
Há ainda 4 exposições dedicadas ao desenho científico, desenho de natureza e fotografia da vida selvagem para visitar em diversos locais da cidade até 12 de janeiro.
No âmbito do Festival, o Centro de Ciência acolhe uma oficina dinamizada por Bruno Rajão (conhecido por Bafo de Peixe), um dos escultores nacionais mais conceituados em arte urbana. A “Oficina de Assemblagem” (processo artístico onde a composição tridimensional é feita pela associação de elementos, uma estética de acumulação onde qualquer tipo de material ou objeto pode ser incorporado na obra) é dedicada à construção de pequenas esculturas (neste caso ligadas ao tema da biodiversidade) a partir do reaproveitamento de objetos e desperdícios do quotidiano. Antes do início da sessão, será inaugurada no Parque Corgo uma escultura da autoria de Bafo de Peixe. De realçar que o workshop é dedicado exclusivamente ao público juvenil. As inscrições são gratuitas, realizadas no sítio do Festival.
Um dos momentos altos do FIIN é o Festival de Curtas-Metragens da Biodiversidade, com a exibição de 60 obras selecionadas pela Comissão Organizadora do FIIN, de entre um universo de 1403 filmes a concurso, de 106 países. De realçar três países – Índia, Irão e Estados Unidos – que no total apresentaram 369 filmes a concurso.
No último dia de FIIN, no Teatro de Vila Real, decorrerá uma gala onde serão revelados os vencedores dos diversos concursos organizados no âmbito deste Festival, com a respetiva entrega de prémios aos participantes, com particular destaque para a revelação da curta-metragem que vai marcar a história do Festival. Todo o programa do Festival é de acesso livre, devendo ser consultado o programa detalhado na página oficial do FIIN.

Deixar um comentário