Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Largo do Beco

O mundo num beco. A cultura num blogue.

Largo do Beco

O mundo num beco. A cultura num blogue.

24.01.18

Ministério Público abre inquérito à SIC por desobediência


Bruno Fernandes

SIC/Warner Bros Portugal/Divulgação

 

SuperNanny, a nova aposta da SIC para os serões de domingo, continua a criar polémica, tendo já chegado à justiça.

Sabe-se agora que o Ministério Público (MP) estará a investigar "factos suscetíveis de integrarem o crime de desobediência" num inquérito que surge depois da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Loures ter enviado um pedido à estação de televisão para retirar, em 48 horas, as imagens do primeiro episódio disponíveis nas mais diversas plataformas. Segundo o pedido, está em causa a exposição da vida privada da criança de sete anos, tema do primeiro episódio.

A SIC não cumpriu. Bem pelo contrário.

Alegando que a medida da CPCJ "carece de de legitimidade legal" e que recolheu as autorizações necessárias para a emissão do programa, a estação acabou por adicionar mais conteúdos relacionados com o programa no site oficial da estação.

Ao jornal Público, a Procuradoria-Geral da República referiu que estava em curso "um trabalho de recolha de elementos com vista a decidir quais os procedimentos a desencadear no âmbito das competências do Ministério Público", estando este órgão "a analisar todas as possibilidades legais de intervenção".

Programa perdeu patrocínio

Entretanto, na emissão de domingo passado, o programa foi para o ar sem patrocínio. A Corine de Farme retirou a sua associação ao programa. Sara McLeod, gestora de comunicação da marca comercializada pelos laboratórios Sarbec Portugal, referiu à revista Visão que "tumulto social" do programa "não é compatível nem com a imagem da nossa empresa, nem com os nossos objetivos comerciais".

No início desta semana, McLeod confirmava à Meios & Publicidade que "já não iríamos patrocinar mais nenhum episódio deste programa".

SuperNanny é um formato produzido no nosso país pela Warner Bros Portugal. Surgiu em Inglaterra em 2004 tendo sido adaptado em mais de quinze países. Em Portugal, o cargo de "supernanny" é ocupado pela psicóloga Teresa Paula Marques.

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
publicidade
wook é uma oferta?