Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Largo do Beco

O mundo num beco. A rádio num coreto. A cultura num blogue.

Largo do Beco

O mundo num beco. A rádio num coreto. A cultura num blogue.

08
Set17

Vodafone Paredes de Coura vence maratona de Festivais de Verão


helena margarida

Divulgação

 

Verão que é verão tem Festival de música e, em Portugal, os eventos multiplicam-se de norte a sul do país. A adesão do público tem sido enorme e nem a comunicação social fica indiferente a este fenómeno. Marcam presença com transmissões em direto, dedicam-lhes páginas inteiras e disponibilizam bytes de entrevistas “exclusivas”.

A Cision, líder global em serviços de media intelligence, também entra na “febre festivaleira” com uma análise da evolução do mediatismo dos diversos festivais de música realizados em Portugal, ao longo dos meses, até ao final do verão. Ou seja, o objeto de análise deste estudo são todas as notícias relativas aos diferentes festivais de verão, veiculadas no espaço editorial português, em mais de 2.000 meios de comunicação social, Televisão, Rádio, Imprensa e Online.

O Ranking que reflete o resultado de 1 a 31 de agosto de 2017 já foi divulgado e no primeiro lugar do pódio encontra-se o Vodafone Paredes de Coura. O festival foi mencionado em mais de mil notícias e conseguiu quase 24 horas de tempo de antena nas televisões nacionais. O Meo Sudoeste, que há 21 anos monta o palco na Herdade da Casa Branca, Zambujeira do Mar, surge em segundo lugar no Ranking com presença em 805 notícias e uma exposição superior a 21 horas na rádio e na televisão. O EDP Vilar de Mouros encerra o pódio contabilizando mais de 11 horas de presença na televisão e na rádio.

Com direito a presença no Ranking, mas sem lugar no pódio aparecem “O Sol da Caparica”, com mais 500 notícias e 10 horas de tempo de antena na televisão; e, já algo distante, o Festival “Bons Sons”, citado em mais 300 notícias e com pouco mais de uma hora e 20 minutos de presença em televisão e rádio. Por ordem decrescente, constam ainda deste ranking o NOS Alive, o NOS Primavera Sound, o Super Bock Super Rock, o EDP Cool Jazz, o Meo Marés Vivas, o Sumol Summer Fest e o RFM SOMNII.

Os festivais monitorizados pela Cision somaram 3.697 notícias no mês de agosto.

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
31
Ago17

Fim de semana de Manta nos jardins do Centro Cultural Vila Flor


helena margarida

Paulo Pacheco

 

Lydia Ainsworth, Noiserv, Dead Combo e Lula Pena são os nomes que esta sexta e sábado, dias 01 e 02 de setembro, vão dizer adeus ao verão nos jardins do Centro Cultural Vila Flor (CCVF), em Guimarães.

 

O Manta vai já na 11ª edição e para este ano convidou artistas mais jovens “com caráter autoral forte, como o encantatório Noiserv e a eletrizante Lydia Ainsworth, a par de outros mais experientes, como a misteriosa Lula Pena e os carismáticos Dead Combo” deu a conhecer a organização.

 

Paulo Pacheco

 

Na sexta-feira, dia 01 de setembro, Lydia Ainsworth e Noiserv abrem o festival. O músico português sob a palco pelas 21h30 para apresentar o seu último trabalho, “00.00.00.00”. Neste disco o artista põe os relógios no zero para um momento diferente na sua já longa carreira, substituindo a “orquestra de sons” que o carateriza por simples notas do piano. David Santos, a pessoa por detrás do artista, descreveu este projeto como “a banda sonora para um filme que ainda não existe, mas que talvez um dia venha a existir”.

 

Por sua vez Lydia Ainsworth vai “eletrizar” o público da “cidade berço”. A cantora e compositora traz ao CCVF os temas do mais recente trabalho, “Darling of the Afterglow”, que se carateriza por uma sonoridade cativante que une a simplicidade à exuberância. Ao agregar a influência da sua formação musical clássica com estilos mais ecléticos e pop, Lydia cria uma assinatura muito própria, carimbada por uma elevada sofisticação estética.

 

No sábado, à mesma hora, o Manta apresenta Dead Combo e Lula Pena. A artista que nasceu em Portugal, mas tem a alma de uma mulher do mundo, imprime à sua música influências como blues, flamenco, chanson française, phado (como ela prefere chamar-lhe), bossa nova, entre outros. A cantora traz ao Manta o seu último disco, “Archivo Pittoresco”.

 

Os Dead Combo encerram o festival. Há dez anos estiveram na primeira edição do Manta, desta vez trazem consigo o baterista Alexandre Frazão para juntos interpretarem os temas do último álbum de Pedro Gonçalves e Tó Trips, “A Bunch of Meninos”. Um concerto onde se contam histórias através do dedilhar rebuscado nas cordas das guitarras. Uma música de encher a alma, poética, quase cinematográfica.

 

Quatro concertos em duas noites “no tapete verde do CCVF”. Os espetáculos têm hora marcada para as 21h30 e, como já é habitual, a entrada é livre.

O Manta marca também o (re)começo da celebração cultural que assinala uma nova temporada em Guimarães, num mês também marcado pelo assinalar do 12º aniversário do Centro Cultural Vila Flor.

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
26
Ago17

The BPM Festival Portugal tem cartaz encerrado


Bruno Fernandes

The BPM Festival/Direitos reservados

 

A primeira edição portuguesa do The BPM Festival já tem o cartaz encerrado.

A organização anunciou, esta semana, a adição dos últimos 30 artistas. Ao todo, esta primeira edição em Portugal recebe mais de 170 produtores e djs e mais de 20  showcases em diferentes salas em Portimão e Lagoa, entre 14 e 17 de setembro. 

"The BPM Festival: Portugal será, na zona sudoeste da Europa ocidental, anfitrião para um
contingente de produtores e DJs impossível de ignorar", promete a organização. 

Os bilhetes já estão à venda. 

Aqui está o line-up completo: 

Divulgação

 

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo
10
Ago17

Contagem decrescente para a 2ª edição do DOURO ROCK


helena margarida

Douro Rock

 

Vão ser dois dias de um cartaz 100% nacional. Amanhã, dia 11, a noite começa com os bracarenses Bed Legs (21h30), seguindo-se Marta Ren & The Groovelvets (22h45), GNR (00h00) e, a fechar, Linda Martini (01h45). Sábado é a vez do rapper Piruka (21h30), You Can't Win, Charlie Brown (22h45), Blind Zero (00h00) e Capitão Fausto (01h45) pisarem o palco do Douro Rock. Após os concertos, a festa continua junto da piscina com DJ's do Douro Private.

Douro Rock

 

Ao Pop, rock, indie, funk, soul e hip-hop juntam-se alguns dos melhores produtores da região - como Niepoort, Quinta de La Rosa, Lavradores de Feitoria, Quinta da Prelada, Real Companhia Velha e Quinta da Pacheca -, e vinhos de referência no Douro - como o Poeira, Mafarrico, Esmero e Crochet. Esta parceria tem a chancela do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto que "apoia todas as manifestações que promovam nacional e internacionalmente a Região Demarcada do Douro e os seus vinhos". O presidente do IVDP, Manuel Cabral, acrescenta que "o DOURO ROCK é um veículo especial para fazer chegar a mensagem de qualidade e de excelência dos nossos vinhos às novas gerações".

O festival, que se realiza no Peso da Régua, vai contar ainda com os produtos regionais e a cultura dos municípios do Peso da Régua, de Armamar, de Santa Marta de Penaguião, de S. João da Pesqueira, de Freixo de Espada à Cinta, de Tabuaço e de Lamego.

Douro Rock

 

O Alto Douro Vinhateiro, Património Mundial da Humanidade pela UNESCO serve de cenário ao DOURO ROCK que se apresenta como uma alternativa no concorrido calendário de festivais em Portugal e convida o público a conhecer a região ao som da melhor música nacional.

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo

O Largo do Beco acompanha o Festival RTP da Canção.
Liveblog a partir das 20h45 nos dias 18 e 25 de fevereiro (semifinais) e 4 de março (final).

publicidade

O Largo é social



Queres ver os teus eventos, músicas ou ações divulgadas no Largo?
Envia um email para webmaster@largodobeco.pt.

Agenda do Beco

Este noite na TV...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D