Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Largo do Beco

O mundo num beco. A rádio num coreto. A cultura num blogue.

Viana do Castelo divulga Agenda Cultural para novembro

Divulgação

 

A Câmara Municipal de Viana do Castelo já divulgou as atividades culturais que vão marcar o mês de novembro. O Teatro Sá de Miranda e o Centro Cultural voltam a ser palco dos principais destaques.

No Sá de Miranda, poderá participar na 18ª Festa do Cinema Francês, de 7 a 8 de novembro, e no Festival de Teatro, que se realiza entre os dias 10 e 18. No final do mês, regressa aos palcos a peça “Perdição” inspirada no romance “Amor de Perdição”, de Camilo Castelo Branco. A estreia está marcada para dia 30 e manter-se-á em cena até dia 16 de dezembro.

Por sua vez, o Centro Cultural será palco de muita música. Dia 11, pelas 21h30, realiza-se a VIII edição do LUZIAS – Festival de Tunas Femininas. Diogo Piçarra, tal como já tinha sido anunciado pelo Largo do Beco, estreia-se em Viana do Castelo no dia 25 de novembro, pelas 22h. No dia seguinte, também pelas 22h, os Graveyard marcam o seu regresso a Portugal num concerto em nome próprio.

Ao logo do mês, são ainda vários os temas apresentados em exposições espalhadas pela cidade. A XII Bienal de Pintura do Eixo Atlântico, por exemplo, estará no Espaço Linha Norte, no Estação Viana Shopping, até ao final de dezembro.

A Agenda Cultural completa pode ser consultada no website da autarquia. 

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo

Viseu Abraça as vítimas dos incêndios com espetáculo solidário

Divulgação

 

Viseu foi uma das áreas mais afetadas pelos incêndios que vitimaram dezenas de pessoas há duas semanas. É tempo agora para o país se erguer das cinzas e agir. Para ajudar as vítimas dos incêndios da região, em novembro, a cidade acolhe um conjunto de eventos solidários.

Viseu Abraça conta com a realização de um concerto, uma corrida e um espetáculo solidário. A convite de Moullinex e Samuel Úria, são vários os artistas que partilharão palco. Nomes como Ana Bacalhau, Best Youth, Carlão, DA CHICK, The Legendary Tigerman, Márcia, Selma Uamusse e muitos outros, sobem ao palco do Pavilhão Multiusos de Viseu a 12 de novembro. 

Samuel Úria postou na sua página de Facebook que estamos muito bem treinados a esquecer. Somos atletas olímpicos do esquecimento, rápidos a chegar à meta do já não querer saber. Sempre que acontecem tragédias de dimensão nacional, passado poucos dias parece que um quotidiano musculado se interpõe; parece que as misérias e as ruínas caem todas naquele exacto ponto que a nossa vista deixa de alcançar, mas reforça a ideia de que, este parágrafo, não pode fazer sentido.

Os bilhetes estão à venda pelo valor de 10€ e todas as verbas angariadas revertem na totalidade para ajudar as vítimas das zonas mais afetadas pelo fogo. Estão também disponíveis bilhetes-donativo para quem não pode estar presente. 

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo

‘Concurso de Vinhos Grandes Escolhas 2017’ já tem vencedores

Direitos Reservados

 

‘Murganheira Blanc de Noirs Távora-Varosa Touriga Nacional branco 2009’, nos espumantes; ‘Marquesa de Alorna DO Tejo Grande Reserva 2015’, nos brancos; ‘Casa do Lago Regional Lisboa 2016’, nos rosés; ‘Cortes de Cima Regional Alentejano Touriga Nacional 2014’ nos tintos; e ‘Vasques de Carvalho Porto Tawny 40 Anos’, nos fortificados, foram os vencedores do ‘Concurso de Vinhos Grandes Escolhas 2017’.

Os nomes foram revelados na passada sexta-feira, dia 27 de outubro, no primeiro dia do ‘Grandes Escolhas - Vinhos & Sabores’, mas os jurados iniciaram as suas avaliações no dia 18 de outubro, em Montes Claros / Lisbon Secret Spot (no parque de Monsanto, em Lisboa).

Numa primeira fase, divididos por 10 mesas, de copo na mão, estes provadores, atribuíram as suas classificações. Cada mesa provou, em média, 40 vinhos. “No total estamos a falar de mais de 400 vinhos. E, podemos afirmá-lo sem receios, com uma qualidade média que será raro encontrar em qualquer outro concurso”, explica a organização. Os três vinhos mais pontuados em cada categoria (salvo nos rosés, cuja participação foi mais diminuta) foram depois a uma finalíssima. Nessa altura participaram todos os jurados. Apuradas as contas, surgiram os vencedores.

Do painel de jurados fizeram parte representantes dos media – imprensa escrita, rádio e televisão e social media –, proprietários de lojas de vinho e alguns outros especialistas e líderes de opinião. O grau de experiência variava bastante, oscilando entre o enófilo e o crítico profissional de vinhos. “É um grupo algo heterogéneo, é verdade, mas consideramos que isso é mais uma virtude que um defeito”.

Para os organizadores do evento, o ‘Concurso de Vinhos Grandes Escolhas’, pretende estar mais próximo do consumidor regular dos bons vinhos, alargando o leque de opiniões a pessoas que são apreciadores frequentes e interessados, “tal como muitos dos nossos leitores”. Por outro lado, o concurso tem outra vertente que é a de ajudar muitos a aprimorar os seus dotes de avaliação. “Tem também por isso uma função pedagógica. A própria escolha da composição das mesas de prova leva isso em consideração, misturando todas estas vertentes”.

 

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo

Filandorra anima “Noite de Halloween” em Vilar de Perdizes

Direitos Reservados

Vila de Perdizes vai viver um grande 31. Que é como quem diz uma “Noite de Halloween” horripilante. As bruxas, bruxos, trasgos e diabos à portuguesa vão andar à solta pelas ruas desta pequena aldeia do concelho de Montalegre.

Diga-se de passagem, por aquelas bandas o misticismo e o oculto não são grande novidade. Não fosse Vilar de Perdizes a “capital” da bruxaria em Portugal. Quem também vai andar por lá a rondar, nesta noite de “doces ou travessuras”, é a Filandorra – Teatro do Nordeste. A Companhia preparou um conjunto de atividades para “assustar” os forasteiros, como por exemplo um atelier de caracterização para retocar figuras de bruxas, trasgos e bruxos… de última hora, com direito a Chá das Ervas… para todos os males deste e do outro mundo (maus olhados, inveja…e prevenção de diarreias agudas).

Nos restaurantes da aldeia, que estarão decorados com motivos ligados ao azar, foram desenhadas ementas embruxadas e, depois do jantar bruxas, trasgos e bruxos reúnem-se no Terreiro da Bruxaria para ensombrar os visitantes que queiram participar no Cortejo Embruxado, este ano virado ao contrário e verdadeiramente assustador. O corso vai percorrer as ruas e canelhos da aldeia, com os participantes a viverem situações inesperadas com a presença de personagens ocultas à luz de velas a provocar muitos percalços e sustos, ungentos, as lutas entre o bem e o mal, o pão que o diabo amassou!!!

A noite termina com a Tradicional Queimada, feita à base de aguardente e outros ingredientes naturais, esconjurada pelo Padre Fontes e o Bruxo Queiman com a presença do Deus Larouco e da sua corte de trasgos, dianhos, bruxos, bruxas e outras figuras quejandas… que à volta da grande fogueira se vão unir para ritual satânico do Beijo de despedida no cú do Diabo, que finaliza com o Bailinho das bruxas no terreiro com vassouras à mistura… a interação com os participantes vai ser uma constante nesta que é a noite de bruxas mais genuína de país.

Pelo sim, pelo não… não vá o diabo tecê-las…

 

“Eu te benzo Berzebu com a fralda do meu cu, pra que, enquanto vou e venho, não acordes tu…

Às terças e sextas, soltem-se as maleitas!

Às sextas e terças, cortem-se as cabeças!"

Contas Nordestinas de A.M. Pires Cabral

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo

“O Longe é Aqui” junta Vitorino e Flor de Sal em concerto inédito no Cine-Teatro Louletano

Direitos Reservados

Vitorino e o duo Flor de Sal sobem ao palco do Cine-Teatro Louletano, Loulé, no próximo dia 31 de outubro, pelas 21h30. Um concerto inédito, com duração de 90 minutos e que acontece no âmbito do ciclo musical “O Longe é Aqui” (VIII). Uma iniciativa que tem como propósito lançar novos desafios a projetos musicais locais, juntando-os a reconhecidos nomes do panorama nacional.

Desta vez, "privilegia-se o universo da música tradicional e da world music com o encontro entre o duo Flor de Sal e Vitorino, num diálogo onde será reinventado o repertório de ambos, bem como afinidades e influências comuns".

O projeto Flor de Sal, composto por Zé Francisco e Ana Figueiras, começou em 2014 inspirado pelas paisagens algarvias. As canções deste duo são “histórias ligadas ao mar, à sua faina, à nostalgia e ao amor que ele inspira” numa “miscelânea de sabores que resulta na fusão entre diferentes géneros de músicas do Mundo”.

Os bilhetes estão à venda na Bilheteira do Largo powered by BOL.

estamos no Facebook e no Twitter.
visita também a Bilheteira do Largo

Pág. 1/10